• 11 4781-1044

CÓDIGO:    SENHA:

  • Página inicial
  • Fale conosco
  • Enquete
  • Webmail
Al. Fernando Batista Medina, 69, Centro - Embu das Artes - SP

Igreja Nossa Senhora do Rosário

O atual conjunto jesuítico Nossa Senhora do Rosário - construído em meados do séc. XVI e reformado no começo do séc. XX - é um dos mais importantes e preservados remanescentes das construções jesuítas em São Paulo, e sua concepção remonta às missões jesuíticas dos Padres Manoel da Nóbrega e José de Anchieta, no séc. XVI, época da fundação de São Paulo de Piratininga.

A igreja começou a ser construída por volta de 1700 pelo Padre Belchior de Pontes, em substituição à antiga capela da fazenda de Catarina Camacho, situada não muito longe dali (também dedicada a Nossa Senhora do Rosário), e que teria sucedido às construções originais de da Aldeia do Bohi, ou Maniçoba. Domingos Luiz Grou aparece como sendo um dos primeiros proprietários de Embu.

Parte destas terras foi passada para Fernão Dias Paes, conhecido como "Moço", que era sobrinho do bandeirante Fernão Dias, o "Velho Caçador de Esmeraldas" e adversário ferrenho dos jesuítas, que lutavam pela catequização dos índios, e não sua escravização.

Quando Fernão Dias Paes morreu, Catarina Camacho, sua mulher, ratificou essa doação à Companhia de Jesus dizendo que, além das terras entregava também aos jesuítas os índios que trouxe do sertão, para que também fossem evangelizados.

No ano de 1624, Fernão Dias e Catarina Camacho fizeram a escritura de doação de sua fazenda "M´Boy" pelo tabelião Simão Borges Cerqueira. Nela, Catarina Camacho pediu também aos padres da Igreja de Nossa Senhora do Carmo que desistissem de todas as suas investidas contra a Companhia de Jesus por aquelas terras de M´Boy. Para os jesuítas foi doada toda a Fazenda de M´Boy, com a Igreja de Nossa Senhora do Rosário.

A igreja tinha suficiente capacidade para que os índios e vizinhos pudessem, comodamente, observar os preceitos a que estão obrigados, como registrou o Padre Manuel da Fonseca no livro 'A Vida do Venerável Padre Belchior de Pontes'. A história, por vezes, atribuiu ao padre Belchior de Pontes a fundação de Embu, porém, isso não poderia ter havido, uma vez que o padre nasceu em 1644, noventa anos depois dos primeiros jesuítas chegarem à região.


PUBLICIDADES

CLIMA
REDE SOCIAL

Impostometro

Acesse www.impostometro.com.br e veja as arrecadações por estado ou município.
  • 11 4781-1044

Desenvolvido por SOPHUS TECNOLOGIA